As Sandálias do Evangelho

Tira as sandálias! Calça as sandálias!
Santidade e guerra: Quando ambas caminham para um propósito.


"Prosseguiu Deus: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa." Êxodo 3: 5.

Esta palavra de ordem dada por Deus à Moisés teve um impacto em sua vida que o tornou mais capaz para enfrentar as batalhas que ainda viriam.
Ali foi o preparo, a busca da Santificação para que sua vida tivesse um real significado!
A poeira do pecado daquela nação não podereia contaminar o Sagrado!
Foi a luta contra a carne e a busca pela santidade!

"E calçando os pés com a preparação do evangelho da paz..." Efésios 6: 15. 

Eis aí o objetivo da Santidade: o preparo para a guerra!
Os pés, nossa base, precisam estar firmados e fundamentados em um evangelho genuíno, puro (sem poeiras) para que o seu propósito se conclua.
Quando vamos para a guerra, a fundamentação é de extrema importância!
Não podemos vagar em pensamentos ou ideais que fujam da Verdade di…

Anúncio

Benignidade

"A alma generosa prosperará e aquele que atende também será atendido." Provérbios 11:25.



Falar sobre benignidade é quase o mesmo que falar sobre bondade, entretanto uma pessoa boa nem sempre é benigna, ela pode estar sendo supostamente boa apenas para satisfazer interesses pessoais. Confuso? Então vamos tentar esclarecer! Partindo de outro extremo, o maligno é aquele que exala a maldade, seus pensamentos, desejos e gestos são movidos pelo mal. No sentido oposto o benigno é movido por tudo que gera o bem, vê sempre possibilidade de mudança nas pessoas, faz as coisas sem esperar nada em troca, está sempre procurando uma maneira de melhorar a vida de alguém e seus pensamentos maquinam coisas boas. Concluímos que devemos ser benignos no coração e expressar isso com atitudes de bondade.

Jesus, o grande conhecedor dos pensamentos e das intenções, não deu descanso aos fariseus e suas tramas maldosas com aparência de boas, mas que na prática geravam um jugo pesado no povo judeu. Eles viviam mascarados de fidelidade e santidade, mas o coração deles transbordava maldade. Dizem por aí que "de boas intenções o inferno está cheio", referindo-se aos falsos bondosos, mas as sinceras intenções de alguém cheio da benignidade que vem de Deus, sempre irá gerar algo de bom nas outras pessoas, não algo apenas superficial mas que poderá ser notado a quilômetros de distancia. 


Somos desafiados constantemente pelos ensinamentos bíblicos e especialmente os de Jesus, e a medida que deixamos a nossa natureza pecaminosa nos enchemos da natureza divina pregada por Ele. Nós podemos até enganar as pessoas, mas Deus nos conhece de todas as maneiras e nada fica oculto aos seu olhos, como dito em Salmos 139:2. "Ele conhece o meu deitar e o meu levantar, e de longe entende o meu pensamento", portando Deus sabe todas as coisas e deseja gerar em nós a benignidade.

Interessante notar que em Gálatas 5:22 vem na sequencia; benignidade e logo depois bondade, portanto entendemos não se tratar de uma repetição, mas de um complemento!

Graça e paz! Vamos expressar a benignidade de Deus com atos de bondade.

Lei também:

Alegria , Paz ,  , Temperança , Mansidão , Longanimidade , Bondade , Amor

Mario Henriques

Contato: henriquesmario2803@gmail.com / mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena
Instagram: mariodalelena






Comentários