As Sandálias do Evangelho

Tira as sandálias! Calça as sandálias!
Santidade e guerra: Quando ambas caminham para um propósito.


"Prosseguiu Deus: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa." Êxodo 3: 5.

Esta palavra de ordem dada por Deus à Moisés teve um impacto em sua vida que o tornou mais capaz para enfrentar as batalhas que ainda viriam.
Ali foi o preparo, a busca da Santificação para que sua vida tivesse um real significado!
A poeira do pecado daquela nação não podereia contaminar o Sagrado!
Foi a luta contra a carne e a busca pela santidade!

"E calçando os pés com a preparação do evangelho da paz..." Efésios 6: 15. 

Eis aí o objetivo da Santidade: o preparo para a guerra!
Os pés, nossa base, precisam estar firmados e fundamentados em um evangelho genuíno, puro (sem poeiras) para que o seu propósito se conclua.
Quando vamos para a guerra, a fundamentação é de extrema importância!
Não podemos vagar em pensamentos ou ideais que fujam da Verdade di…

Anúncio

Poder

"Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra." Atos 1:8




O poder é algo que atrai muitas pessoas, ter muito dinheiro e possuir muitos bens já não são suficientes, o que realmente importa é ter domínio sobre o outro, ser capaz de subjugar alguém e quanto mais "pisar" nesse alguém para demonstrar superioridade, melhor. Mas não é desse "poder" que quero me referir neste momento, porém daquele que é utilizado para mudar a vida das pessoas para melhor, poder que tanto faz bem a quem o utiliza quanto para quem o recebe, sendo dado gratuitamente por Deus para todos que assim o desejarem.

O versículo acima citado está inserido no contexto em que Jesus já havia sido crucificado e muitos estavam abatidos porque seu grande mestre já não estaria mais vivo, especialmente seus discípulos. Jesus ressuscita e aparece diante deles dizendo dentre outras coisas, o que os capacitaria a anunciar tudo o que eles haviam aprendido deixando claro que não era uma força vinda de sua capacidade física ou intelectual porém do Espírito Santo de Deus, que traria sobre eles uma autoridade e a ousadia para ministrar sua palavra e fazer coisas impossíveis aos olhos humanos. e este fato iniciou
 no capítulo seguinte (Atos 2).

O poder (também traduzido como "virtude") gera compaixão pelos aflitos, desperta o desejo de praticar a bondade, de olhar as pessoas na perspectiva de Cristo (Isso é impossível sem a presença dele em nós) , de buscar a santidade, ter uma grande empatia às necessidades dos outros, capacitando a gerar cura, esperança e a proporcionar uma nova história para aqueles que nada mais esperam conseguir dessa vida.


Com o poder vem a responsabilidade, sabendo que tudo que a nós é dado por Deus tem como objetivo o SERVIÇO muito mais do que a honra, não o contrário. A virtude que o Espírito Santo nos concede leva-nos para a missão, sabendo que a unção sem missão é omissão ou pretensão, pois tudo feito por Ele tem um propósito específico que deve ser cumprido por nós sem restrições ou desvio de foco.


Que sejamos aquilo que Deus espera de nós, ou seja, missionários movidos pelo seu Espírito Santo, tanto em nossa casa, cidade, nação e até os confins da terra!


Graça e paz! 




Mario Henriques

Contato: mariodalelena@gmail.com - henriquesmario2803@gmail.com
Canal no You Tube: https://youtu.be/1IIQQFU-ko
Twitter: @mariodalelena
Instagram: @mariodalelena

Comentários