As Sandálias do Evangelho

Tira as sandálias! Calça as sandálias!
Santidade e guerra: Quando ambas caminham para um propósito.


"Prosseguiu Deus: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa." Êxodo 3: 5.

Esta palavra de ordem dada por Deus à Moisés teve um impacto em sua vida que o tornou mais capaz para enfrentar as batalhas que ainda viriam.
Ali foi o preparo, a busca da Santificação para que sua vida tivesse um real significado!
A poeira do pecado daquela nação não podereia contaminar o Sagrado!
Foi a luta contra a carne e a busca pela santidade!

"E calçando os pés com a preparação do evangelho da paz..." Efésios 6: 15. 

Eis aí o objetivo da Santidade: o preparo para a guerra!
Os pés, nossa base, precisam estar firmados e fundamentados em um evangelho genuíno, puro (sem poeiras) para que o seu propósito se conclua.
Quando vamos para a guerra, a fundamentação é de extrema importância!
Não podemos vagar em pensamentos ou ideais que fujam da Verdade di…

Anúncio

À deriva

"Ao ver as multidões, Jesus sentiu grande compaixão pelas pessoas, pois que estavam aflitas e desamparadas como ovelhas que não têm pastor." Mateus 9:36.



Somos bombardeados com tantas coisas negativas, especialmente quando assistimos ao noticiário que além das nossas próprias preocupações temos as tragédias do dia a dia e ainda a tristeza de ver aqueles que deveriam defender nossos interesses, desviando o pouco que nós temos. A maldade do ser humano só aumenta a cada dia, ficamos tão perdidos e sem saber mais o que fazer, que nos sentimos como um barco em alto mar à deriva. Quando os acessórios do barco, como o leme, a vela ou especialmente o motor estão danificados, a única maneira de sair dessa situação desconfortável e aguardar o socorro.

Quando estamos "à deriva" na vida espiritual, ficamos como ovelhas sem pastor, conforme foi citado no versículo 36 de Mateus 9, isso significa que perdemos o rumo, nos sentimos aflitos e desamparados, desacreditamos de tudo e de todos e até de nós mesmos, a nossa auto-estima já está bem baixa, acabou-se a esperança, parece que o ditado onde diz que "a esperança é a última que morre" não faz o menor sentido.

A notícia boa é que também, segundo o mesmo versículo de Mateus 9:36, Jesus teve grande compaixão pelas pessoas, assim como ele tem por nós hoje. E vou te falar uma coisa! Quando temos Jesus como nosso pastor, todas as "tsunamis" viram apenas uma "marola" e o nosso rumo jamais se perde na caminhada de fé.

A vida não é fácil para mim, para você e para ninguém, e em nenhum momento Jesus disse que seria, ao contrário disso, Ele disse: "No mundo tereis aflições mas tendes bom ânimo, eu venci o mundo."João 16:36.  Cabe a nós apenas ter bom ânimo, mesmo que "nosso barco esteja à deriva" a nossa esperança não deve ser depositada em outra pessoa, senão naquele que tem verdadeira compaixão de nós.

Graça e paz! Que Jesus "reboque seu barco!"

Mario Henriques.

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no You Tube: https://youtu.be/1IIQQFU-ko
Twitter: @mariodalelena
Instagram: @mariodalelena



Comentários