As Sandálias do Evangelho

Tira as sandálias! Calça as sandálias!
Santidade e guerra: Quando ambas caminham para um propósito.


"Prosseguiu Deus: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa." Êxodo 3: 5.

Esta palavra de ordem dada por Deus à Moisés teve um impacto em sua vida que o tornou mais capaz para enfrentar as batalhas que ainda viriam.
Ali foi o preparo, a busca da Santificação para que sua vida tivesse um real significado!
A poeira do pecado daquela nação não podereia contaminar o Sagrado!
Foi a luta contra a carne e a busca pela santidade!

"E calçando os pés com a preparação do evangelho da paz..." Efésios 6: 15. 

Eis aí o objetivo da Santidade: o preparo para a guerra!
Os pés, nossa base, precisam estar firmados e fundamentados em um evangelho genuíno, puro (sem poeiras) para que o seu propósito se conclua.
Quando vamos para a guerra, a fundamentação é de extrema importância!
Não podemos vagar em pensamentos ou ideais que fujam da Verdade di…

Anúncio

Bem menos!

"É necessário que ele cresça e que eu diminua." João 3.30

Visão 1
- Caramba! Você toca muito hein??
- Claro! Estudei para isso!
Visão 2
- Com a palavra agora o apóstolo, bispo, reverendo, doutor, geólogo, paleontólogo, oceanógrafo e cientista "Narciso soberbo"!
Visão 3
- Você é muito usado por Deus em tudo o que faz! Glória a Deus por sua vida!

É muito fácil dar glória a Deus né?! Só que não!
Menos! Bem menos! Já dizia em Provérbios 16.18 que "A soberba precede a destruição, e a altivez do espírito precede a queda."
João 3.30 nos dá a "receita" para não perdermos o rumo na divulgação do Reino de Deus, apesar de seus discípulos estarem muito preocupados com outras pessoas que estavam também batizando (no caso Jesus e seus discípulos), João simplesmente se coloca na posição de servo, quando poderia dizer: "Eu batizei Jesus!" Ao invés disso mostra ao seus discípulos de quem é a glória e quem deve ser adorado.

As vezes é bem melhor uma dura crítica que um elogio, pois embora sejam bem vindos, os elogios podem nos levar a ocupar um lugar que não é nosso por direito.
Não vamos confundir humildade com baixa auto-estima e nem o reconhecimento de um trabalho bem feito com soberba. O equilíbrio está na simplicidade e no entendimento de que somos complementos uns dos outros e não acima e nem abaixo de ninguém, sendo Deus quem cuida de todos e a Ele deve ser dada toda a glória e honra.

"Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém." Romanos 11.36

Não permita que a vaidade te tire do foco, e se alguma pessoa que você conhece perdeu o rumo, ore por ela, pois apenas criticá-lá não ajudar muito.

Graça e paz! Deus te abençoe!

Mario Henriques

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena
Instagran: @mariodalelena

Comentários