Permanecer Igreja

“Não fostes vós que me escolhestes Amim; pelo contrario, eu vos escolhi a vós outros, e vos designei para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda”. João 15.16



Nos versículos iniciais deste capítulo, Jesus deixa bem claro a condição para o crescimento e a geração de frutos: “... estar nele...” De outra forma, a conseqüência será: ser “cortado e lançado fora”. Uma introdução bem dura para quem desejava falar da importância do amor e do cuidado um pelo outro. Mas era necessária tal palavra, afinal Ele estava preparando os seus seguidores para uma caminhada desafiadora e que precisariam “andar com suas próprias pernas”. O “Ide” de Jesus continua soando em nossos ouvidos e junto ao “ide” o plantar e o cuidar. Veremos estes três pilares e com eles trabalharemos com o propósito de fazer com que os frutos alcançados até aqui, permaneçam!

O Ir, o Plantar e o Cuidar.
O Ir No capítulo 4. 34-38 João relata uma pala…

Anúncio

Bem menos!

"É necessário que ele cresça e que eu diminua." João 3.30

Visão 1
- Caramba! Você toca muito hein??
- Claro! Estudei para isso!
Visão 2
- Com a palavra agora o apóstolo, bispo, reverendo, doutor, geólogo, paleontólogo, oceanógrafo e cientista "Narciso soberbo"!
Visão 3
- Você é muito usado por Deus em tudo o que faz! Glória a Deus por sua vida!

É muito fácil dar glória a Deus né?! Só que não!
Menos! Bem menos! Já dizia em Provérbios 16.18 que "A soberba precede a destruição, e a altivez do espírito precede a queda."
João 3.30 nos dá a "receita" para não perdermos o rumo na divulgação do Reino de Deus, apesar de seus discípulos estarem muito preocupados com outras pessoas que estavam também batizando (no caso Jesus e seus discípulos), João simplesmente se coloca na posição de servo, quando poderia dizer: "Eu batizei Jesus!" Ao invés disso mostra ao seus discípulos de quem é a glória e quem deve ser adorado.

As vezes é bem melhor uma dura crítica que um elogio, pois embora sejam bem vindos, os elogios podem nos levar a ocupar um lugar que não é nosso por direito.
Não vamos confundir humildade com baixa auto-estima e nem o reconhecimento de um trabalho bem feito com soberba. O equilíbrio está na simplicidade e no entendimento de que somos complementos uns dos outros e não acima e nem abaixo de ninguém, sendo Deus quem cuida de todos e a Ele deve ser dada toda a glória e honra.

"Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém." Romanos 11.36

Não permita que a vaidade te tire do foco, e se alguma pessoa que você conhece perdeu o rumo, ore por ela, pois apenas criticá-lá não ajudar muito.

Graça e paz! Deus te abençoe!

Mario Henriques

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena
Instagran: @mariodalelena

Comentários